Por favor utiliza este link para citar o compartir este documento: http://repositoriodigital.academica.mx/jspui/handle/987654321/464092
Full metadata record
Campo DCValorLenguaje
dc.creatorDainis Karepovs-
dc.date2006-
dc.date.accessioned2015-05-05T21:20:58Z-
dc.date.available2015-05-05T21:20:58Z-
dc.identifierhttp://www.redalyc.org/articulo.oa?id=221014795009-
dc.identifier.urihttp://repositoriodigital.academica.mx/jspui/handle/987654321/464092-
dc.descriptionExamina-se o surgimento e a ação da Coligação Operária de Santos nas eleições municipais de 29 de novembro de 1925. A Coligação Operária, que atuou até 1930, foi a primeira organização eleitoral criada pelo Partido Comunista do Brasil (PCB) e que encontrou muitas resistências na forte cultura abstencionista que impregnava os trabalhadores brasileiros. Formada com base em sindicatos influenciados pelos comunistas, a Coligação Operária foi um dos passos iniciais ensaiados pelos trabalhadores brasileiros em sua inserção na cena político-partidária brasileira.-
dc.formatapplication/pdf-
dc.languagept-
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho-
dc.relationhttp://www.redalyc.org/revista.oa?id=2210-
dc.rightsHistória (São Paulo)-
dc.sourceHistória (São Paulo) (Brasil) Num.1 Vol.25-
dc.subjectHistoria-
dc.subjectColigação Operária de Santos-
dc.subjectComunismo-
dc.subjectEleições-
dc.titleA Coligação Operária de Santos quebrou a pasmaceira-
dc.typeArtículo científico-
Aparece en las Colecciones:História (São Paulo)

Archivos de este documento:
No hay archivos asociados a este documento.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.