Por favor utiliza este link para citar o compartir este documento: http://repositoriodigital.academica.mx/jspui/handle/987654321/464056
Título: Clergy, Nobility and Crown in Decadência
Palabras clave: Historia
Império Português
historiografia
mercantilismo
Editorial: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho
Descripción: No presente trabalho tenciono indagar as causas internas que dirigiram o império marítimo português à decadência. Depois de uma revisitação da historiografia relativa ao declínio do Estado da Índia, procedo a uma análise do triângulo de Monarca-Igreja-Nobreza durante os Descobrimentos e dos seus papéis respectivos no evoluir do Império português. É verificável que a absolutização da Coroa, a sobre-expansão do clero e a potenciação da aristocracia tornaram-se as características mais salientes e duradouras na estrutura social portuguesa depois de o país se lançar nas façanhas marítimas, do que resultou a agricultura prejudicada e indústria atrasada. A predominância dessas três instituições, por um lado, impediu a ascensão da burguesia, assim dificultando a transformação da economia mercantilista na capitalista, e, por outro, promoveu espírito aventureiro não-produtivo e aversão contra o trabalho manual tanto na metrópole como no ultramar. Portanto, o declínio do Império português principia-se de dentro ao invés de de fora , e bem antes de ataques holandeses que só o aceleraram.
Other Identifiers: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=221014791007
Aparece en las Colecciones:História (São Paulo)

Archivos de este documento:
No hay archivos asociados a este documento.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.