Por favor utiliza este link para citar o compartir este documento: http://repositoriodigital.academica.mx/jspui/handle/987654321/420696
Título: A CONTABILIDADE GOVERNAMENTAL E O CALENDÁRIO ELEITORAL: UMA ANÁLISE EMPÍRICA SOBRE UM PAINEL DE MUNICÍPIOS DO RIO DE JANEIRO NO PERÍODO 1998 - 2006
Palabras clave: Administración y Contabilidad
Contabilidade Governamental
ciclos políticos
dados em painel
Editorial: Universidade de São Paulo
Descripción: Com apoio na teoria dos ciclos políticos, este trabalho pretende analisar o comportamento das contas municipais fluminenses, entre 1998 e 2006, a fim de detectar eventuais comportamentos cíclicos associados ao calendário eleitoral. Usando dados em painel para estimar diversas equações de regressão múltipla, examinam-se rubricas específicas do Orçamento e dos Balanços municipais a fim de testar hipóteses sobre a existência de manipulações de caráter eleitoral executadas pelos governantes. Os resultados sugerem que o calendário eleitoral exerce influência (estatisticamente) significativa sobre o comportamento dos prefeitos, mesmo descontando certos efeitos específicos a cada município (a população, por exemplo). Estas manipulações cíclicas também aconteceram em alguns itens da despesa nos anos de 2002 e 2006, indicando uma movimentação política das prefeituras no sentido de contribuírem com seus partidos nas eleições para Governador, Presidente e Congresso Nacional. A coincidência partidária entre prefeitura e estado e/ou União apresentou relação inversa, ou seja, pertencer ao mesmo partido do governador e/ou do presidente significa uma redução em determinados gastos municipais, sugerindo uma espécie de pacto de ajuste fiscal entre estes níveis de governo.
Other Identifiers: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=235216392007
Aparece en las Colecciones:Revista de Contabilidade e Organizações

Archivos de este documento:
No hay archivos asociados a este documento.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.