Por favor utiliza este link para citar o compartir este documento: http://repositoriodigital.academica.mx/jspui/handle/987654321/280385
Título: Versão abreviada da Escala Triangular do Amor: evidências de validade fatorial e consistência interna
Palabras clave: Psicología
amor
escala
triangular
validade fatorial
consistência interna
Editorial: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Descripción: O presente estudo teve como objetivo conhecer os parâmetros psicométricos de uma versão reduzida da Escala Triangular do Amor. Especificamente, procurou-se reunir evidências de sua validade fatorial e consistência interna no contexto paraibano. Participaram 307 estudantes universitários da cidade de João Pessoa (PB), que mantinham um relacionamento heterossexual estável, com idade média de 23,4 anos (dp = 6,22; amplitude de 17 a 56 anos). A maioria foi do sexo feminino (69,4%) e solteira (73%). Os participantes responderam a Escala Triangular do Amor e perguntas demográficas. Os resultados apoiaram a adequação psicométrica dessa medida, que apresentou três componentes (rotação varimax; explicando 67,7% da variância total), com Alfas de Cronbach satisfatórios: compromisso ( #945; = 0,88), paixão ( #945; = 0,87) e intimidade ( #945; = 0,86). As mulheres pontuaram mais em compromisso do que fizeram os homens. Estes resultados foram discutidos à luz da literatura, confirmando-se a adequação desta medida. Pesquisas futuras foram sugeridas.
Other Identifiers: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=26118733005
Aparece en las Colecciones:Estudios de Psicologia

Archivos de este documento:
No hay archivos asociados a este documento.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.