Por favor utiliza este link para citar o compartir este documento: http://repositoriodigital.academica.mx/jspui/handle/987654321/103757
Título: A Non-Causal Explanation of Behavior in Radical Behaviorism
Uma Explicação Não-Causal do Comportamento no Behaviorismo Radical
Autores: 
Palabras clave: Radical Behaviorism, causality, scientific explanation, behavior, non-causal explanation of behavior
Behaviorismo Radical; causalidade; explicação científica; comportamento; explicação não-causal do comportamento
Fecha de publicación: 3-Oct-2012
Editorial: Facultad de Estudios Superiores. Iztacala
Descripción: Este ensaio tem como objetivo examinar a possibilidade de uma explicação não-causal do comportamento na perspectiva behaviorista radical. Em primeiro lugar, os componentes essenciais do pensamento causal são descritos, a saber, condicionalidade; unicidade; conexão necessária; dependência unilateral; e conexão genética. Argumenta-se que, com exceção da condicionalidade, o Behaviorismo Radical rejeita os demais aspectos. Com isso, torna-se plausível a defesa de uma interpretação não-causal do modelo explicativo do comportamento no Behaviorismo Radical. Em segundo lugar, apresenta-se uma proposta de explicação não-causal do comportamento, baseada nas relações de interdependência funcional entre eventos, estados e processos. A partir dessa proposta, explicar deixa de ser sinônimo de busca pelas causas do comportamento, para se identificar com a descrição do funcionamento do fluxo comportamental. Conclui-se que eventuais ambigüidades encontradas no texto skinneriano com respeito à explicação do comportamento podem ser superadas: 1) abandonando-se a lógica e o vocabulário da causalidade, e 2) adotando-se uma explicação dinâmica do comportamento.
The objective of this essay was to examine the possibility of a non-causal explanation of behavior in the Radical Behaviorism perspective. We began describing the essential components of a causal thought, namely: conditionality; uniqueness; necessary connection; one-sided dependence; and genetic connection. It is argued that with exception of the conditionality, Radical Behaviorism rejects all the other components. Thus, the defense of a non-causal interpretation of the radical behaviorist explicative model becomes reasonable. Then, we present a proposal of non-causal explanation of behavior, based on functional interdependence relations among events, states and processes. From this proposal on, to explain is not synonymous of search for the causes of the behavior anymore; to explain is identified with the description of the functioning of the behavioral stream. It is concluded that supposed ambiguities found in Skinnerian texts with respect to the explanation of behavior can be surpassed by: 1) discarding both logic and causality’s vocabulary; and 2) adopting a dynamic explanation of behavior.
Other Identifiers: http://revistas.unam.mx/index.php/acom/article/view/18120
Aparece en las Colecciones:Acta Comportamentalia: Revista Latina de Análisis del Comportamiento

Archivos de este documento:
No hay archivos asociados a este documento.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.